24 maio 2009

Caralhos das Caldas

video

Rui Unas elaborou uma ilustre entrevista ao maior fornecedor de caralhos nas Caldas da Rainha.
Desculpem a espressão, é que é mesmo assim que se diz. lalalalalalala...

17 maio 2009

Papel higienico

Já tinha ouvido falar do papel higiénico com a cara do Bin Laden, mas este ainda não tinha visto.
http://www.bildschirmarbeiter.com/pic/silk_soft/

16 maio 2009

Estou na poltrona...



Por aqui ou por ali me perco...
vezes sem conta,
se hei de fugir deste meu cerco,
já nada me encontra.

Tranquilizei com a mão que ajuda,
para não afundar,
lacrimejei no lago que inunda...
por me abafar.

E é tão algo inevitável e irónico,
onde tudo se torna encaixe no meu próprio puzzle crónico,
de querer me refugiar no que me encontrou...
e de estar a assar em água que a mim afogou.

E transforma-se desregrado, selvagem em chamas,
esta aura que emana sentimento sem escamas,
não há métrica que controle este descontrolo interior,
são só mais umas horas vagas onde liberto o vapor...

...do meu ser.

13 maio 2009

???

O que farias se na empresa onde trabalhas toda a gente fosse despedida?

12 maio 2009

A solução para dormir...


Estou sem sono... um dormir que não chega,
preciso de acordar do que não me larga,
necessito do aroma que me falta,
por isso continuo na insónia.
Estou a ser devorado por mim próprio,
onde tudo me envolve e não se resolve,
quando mais quero menos tenho,
e quando menos quero mais surge do nada.
Estou de pestana aberta talvez por este momento,
em que senti que vivo por um motivo,
por algo novo nunca encontrado,
por algo que me belisco e me pergunto... será que encontrei a essência esperada?
Ou será mais uma chapada...

Pronto, foi só um desabafo, de repente senti-me mais leve,
e acreditei que encontrei algo que me ilumina, algo suave que me completa mais que nunca.
Vou dormir descansado.

11 maio 2009

O meu quarto é cor de laranja


Entre quatro paredes velhas,
fico parvo como assemelhas,
nestas paredes cor de laranja,
de sopa quente fico como canja.

Escrevo parvo porque o sou,
sinto o lago que me rimou,
sirvo as chagas ao passado,
e fortaleço o que foi derramado.

Vou reaprender porque preciso,
sorrir é fácil fora o juízo,
no indicio do precipício,
lanço a pedra e fumo o vicio.

E como estou numa de divagar,
vou me acalmar bem devagar,
e é só isto que se arranja,
entre quatro paredes laranja.


(isto é sinal de felicidade, sinal de que algo me traz vida, pode ser a minha saída, para a infinita partida, de uma escrita sentida.)

beijo cor de laranja

Questionario que roubei à Luma

1)- Nome? Edgar Gabriel dos Santos da Silva
2)- Porque lhe deram esse nome? A minha mãe quis dar-me este nome porque não era muito utilizado na altura,Gabriel foi um destes nomes não usuais na altura que ela pensou dar-me então achou que combinava com Edgar,Santos da minha mãe, Silva do meu pai.
3)- Você faz pedidos às estrelas? Fiz quando era miúdo,as constelações admiram se profundamente na Beira Baixa, venham visitar o Alcaide!
4)- Quando foi a última vez que chorou? Não me vou referir, a tristeza guardo-a para mim e para quem me deu o ombro para desabafar..ouve quem me desse musica.
5)- Gosta da sua letra? Desde miúdo que escrevo torto por linhas direitas...
6)- Gosta de pão com o quê? Nutella,doces,geleias...manteiga,mas tb adoro sandes mistas...e fazer misturas variadas tipo pão com Nesquik!
7)- Quantos filhos tem? NENHUM, sou sozinho.
8)- Se fosse outra pessoa seria seu amigo? Porque não?
9)- Saltaria de bungee-jump? Sem dúvida, que mordia algo bem forte enquanto saltava.
10)- Desamarra os sapatos antes de tirá-los? Quando era mais novo nunca os apertava,agora é conforme os tenis...tenho de comprar umas banheiras novas.:p
11)- Acreditas que és uma pessoa forte? Por vezes sim, porque tenho mesmo de o ser.Sou forte para os outros,para mim nem sempre.
12)- Gelado favorito? Sem duvida qualquer um que tenha chocolate...
13)- Vermelho ou preto? Preto
14)- O que menos gostas em ti? Fisicamente o facto de não conseguir engordar e ter-me de me de agarrar aos postes para não voar com o vento. Psicologicamente a “facilidade” como me entrego.
15)- O que mais gostas em ti? a força que tenho para ajudar os outros,para lhes devolver a vontade de viver. E o meu sentido de humor e ironia por vezes em exagero.
16)- De quem sentes saudades? Os meus amigos que estão longe, da minha família de França, Brasil e Espanha. Da vida que tinha enquanto era estudante...
17)- Descreva que roupa e calçado está a usar agora: A esta hora tenho as minhas calças largonas pretas,t-shirt da Volcom preta com desenhos roxos,e o casaco preto da Volcom,com os meus DVS todos rotos.
18)- Qual foi a última coisa que comeu hoje? arroz com ervilhas fritas... não tenho chocolate pq não lhe resisto.
19)- O que está a ouvir agora? Sam the Kid- Viva (do album de instrumentais)
20)- A última pessoa com quem falou ao telefone? Com o mastah Flip, combinamos encontrar-nos na noite do Bairro Alto em Lisboa.
21)- Bebida favorita?Coca-Cola, mas em primeiro lugar a água!
22)- Comida? pizza com batatas e coca-cola,hambúrguer,carne picada com grandes massas e misturas de varias coisas,adoro favas, feijão frade com atum e cebola...empadão de carne, arroz de pato, frutos secos,chocolates, doces e guloseimas...
23)- Último filme que viu no cinema e com quem? lembro me que foi o Idade do gelo 2 com uma amiga que já não vejo há bué, no ano passado. Tudo bem Tânia?
24)- Dia favorito do ano? Nenhum em especial,temos uns melhores que outros, mas no meu aniversario estou sempre feliz, 10 de Janeiro.
25)- Inverno ou Verão? Primavera e Verão
26)- Beijos ou abraços? Abraços COM beijos para quem eu sentir tal como família, para os meus amigos fortes abraços, para as amigas ou beijos ou abraços, conforme as situações, mas adoro beijar.
27)- Qual a tua sobremesa favorita? Chocolate, venha ele como vier..
28)- Que livro está a ler? Contos de Eça de Queiroz... arrumei-o pq me fartei do tão massudo e descritivo que ele é.
29)- O que tem na parede do seu quarto? azulejos de 1924 e tinta laranja.
30)- Filmes favoritos? Blow (Profissão de risco) com Jonny Depp
31)- Onde foi o lugar mais longe que já foi? França
32)- Uma música? Tequilla Sunrise - de Cypress Hill
33)- Uma frase? Boooooootaaaaaa sooooooooooooooom!!!!!

05 maio 2009

Um parvo


Eu sou parvo... e continuo a sentir-me parvinho. Quis fugir mas não me consegui esconder.
Como vês sou mesmo transparente... tudo se vê em mim, nada consigo disfarçar...
Eu gosto da amizade, gosto da tua presença, gosto quando me procuras, mas nem sabes o quanto me apetece fugir para não ter que pensar em algo que me mata.
Estou a morrer porque sou parvo. Parvo por me ter dado à morte.
Era mais fácil se me tivesse mantido na minha, sem grandes aberturas, descobre tu se quiseres! Mas não... desvendei me que nem um livro aberto. Eu sou isto... curtes?
Pois... curtes..., sou quem mais merece ser amado na terra, sou a estrela que brilha no céu... sou o especial que mais ninguém tem como especial, mas não passarei disso.
Mais uma vez me perco onde não era para me perder mas sim deixar correr... mais uma vez fujo do que já tinha pensado que iria acontecer.
Mais uma vez sou parvo. E mais uma vez me curo, se não fores tu a cura para o desassossego.

04 maio 2009

??

Se estamos em crise, o que devemos fazer para sair dela?

03 maio 2009

Filhos de Apolo


Ola Blogmaniacos e Blogmaniacas! Estou de volta para mais uma saga de coisas novas, e para esta nova vinda juntei-me a dois amigos num novo blog:
Filhos de Apolo.
Espero que gostem.
http://filhos-de-apolo.blogspot.com/

Desde poesia, prosa, literatura, arte, pensamentos, musica, ... tudo o que nos envolve, nos mexe e nos deixa em reflexão.

Até jázzzzzzz! :)

01 maio 2009

A Fénix que há em mim


Renasci das cinzas... como o morto que sai do jazigo.
Reapareci das trevas onde trago alma renovada.
Saí do manto negro que me afundava em desgraça.
Parti o pacto sangrento de uma luta travada.

É o regresso que procurava no meio da névoa.
É o alcance do grito que ecoava no nada.
É a chama que sai de mim para queimar o bruxedo.
É a chamada infinita que me solta da gruta.

Olhem para mim reluzente... estou de volta.
 
Copyright 2009 Cevada